O milagre pela intercessão de Fulton Sheen

25 de fevereiro de 2021

Sim! A intercessão de Fulton Sheen foi capaz de fazer com que um bebê ressuscitasse. O milagre é reconhecido e aprovado pelo Vaticano.

James, que viveu este milagre, nasceu morto. Ele permaneceu sem batimentos cardíacos durante 61 minutos.

Não, não erramos. São 61 minutos mesmo e não segundos.

O parto estava programado para acontecer em casa, ia ser completamente normal, tudo indicava que as coisas iam bem, mas quando o bebê nasceu sem sinais vitais, tentaram reanimá-lo em casa, depois na ambulância e depois no hospital”, contou o sacerdote que liderou a investigação do milagre.

Os pais do menino rezaram, então, clamando o auxílio de Fulton Sheen, e o bebê voltou a respirar e o coração começou a bater.

Após a investigação de 2011, uma equipe de sete especialistas médicos que assessoraram a Congregação vaticana para as Causas dos Santos reconheceu, em 2014, que o caso era inexplicável para a ciência.

Como forma de gratidão e devoção a Fulton Sheen, o menino foi batizado com o nome de James Fulton.

“Quando os médicos desistiram de tentar reanimá-lo para declarar a sua morte, ele voltou à vida. Desde o primeiro dia da vida de nosso filho, as pessoas rezaram pedindo um milagre por intercessão de Dom Fulton Sheen. Juntos, com Fulton Sheen, todos nós imploramos a Jesus que curasse o nosso filho. Juntos, imploramos a Fulton Sheen que não parasse nunca de orar por nós, por ele. Juntos, vimos James desafiar todas as leis do mundo natural, da ciência e da medicina, para se tornar um menino normal.

O milagre é milagre de Deus. É Jesus Cristo que venceu a morte. É o nosso Deus amoroso que torna novas todas as coisas.[…] Por favor, lembrem-se disso: somos pequenos e sem importância, a não ser pelo fato de sermos conhecidos e amados pelo nosso Bom Deus”. (relato dos pais de James Fulton)