Oferta!

Sermões do S. Sacramento e Sermões do Espírito Santo de S. João de Ávila + Audiolivro Calvário e a Missa – Fulton Sheen.

R$285,00 R$185,00

em até 3x de R$61,67 no cartão

REF: PR-SSC-39 Categoria: Tags: ,
Peso 1.378 g
Dimensões 23 × 16 × 5 cm


Descrição

Sermões do Santíssimo Sacramento

“Quantos caminhos e quantas sendas abriste, Senhor, desde que neste mundo entraste, tão cheios de luz, que dão sabedoria aos ignorantes e calor aos tíbios! Quanta verdade disseste! ‘Enquanto estou no mundo, sou luz do mundo’. (Jo 9, 5). Luz foi teu nascimento, luz tua circuncisão, teu fugir do Egito, teu desdenhar honras; e essa luz cresce até se fazer dia perfeito (cf. Pr 4, 18). O dia perfeito é hoje e amanhã, nos quais operas coisas tão admiráveis que parecem fazer esquecer as passadas; tão cheias de luz que parecem obscurecer as que são mais brilhantes. Que intrépido estás hoje, Senhor, para realizar façanhas nunca ouvidas nem vistas no mundo, e nunca por ninguém pensadas! Quem viu, quem ouviu que Deus se desse como manjar aos homens, e que o Criador fosse manjar de sua criatura? (…) Estas, Senhor, são invenções do teu amor, que fazem dia perfeito, pois não pode elevar-se o amor mais do que onde o alçaste hoje e amanhã, dando-te como alimento hoje, aos que com amor têm fome de Ti…”

Sermões do Espírito Santo

Assim estavam os santos apóstolos do Senhor nesse santo tempo; e assim, irmãos, por boas razões devemos estar, pois somos uma só coisa com eles, uma só Igreja e uma só união em Jesus Cristo. Todos aqueles que servem a Jesus Cristo são uma mesma coisa: a Igreja de Deus e a congregação dos cristãos. “Una est amica mea, una est columba mea” – “Uma só és, minha amiga; uma só és, minha pequena pomba”.

Pois assim também convém que nesse santo tempo nos preparemos e desejemos, com os santos apóstolos, a vinda do Espírito Santo. Ergam-se os nosso corações ao Céu, e peçamos com lágrimas nos olhos: Consolador de minha alma, consolai-a! E em todo esse tempo nada mais façamos do que desejar que o Espírito Santo venha a nossas almas!…”

O Calvário e a Missa